PMA autua fazendeiro em R$ 19,5 mil em operação contra o desmatamento que já aplicou mais de 3 milhões em multas em 2018

0
59

Campo Grande (MS) – A PMA continua realizando vistorias relativas à operação Cervo-do Pantanal contra o Desmatamento, iniciada em 2018 em parceria com o Ministério Público Estado (MPE), nas propriedades rurais. Em todo o Estado, em balanço realizado até o mês de outubro, foram 108 proprietários rurais autuados, sendo verificado um total de 2.593,10 hectares de desmatamentos ilegais em 22 municípios. Foram aplicadas multas que perfizeram o valor de R$ 3.034.320,00.

Hoje (9), em fiscalização ambiental realizada em uma fazenda no município, a 40 km da cidade, a PMA do Grupamento de Bela Vista constatou que um pecuarista de 75 anos, residente naquela cidade, suprimiu 65 hectares de vegetação nativa sem autorização ambiental, em sua fazenda.

O desmatamento levantado por imagem de satélites e as medidas tomadas com uso de GPS ocorrera em 2015 e já havia pastagem e criação de gado no local. A madeira produto da supressão não se encontrava mais na área. As atividades foram interditadas.

O Infrator foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$19.500,00. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção. O fazendeiro foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

FONTE: ASSECOM – 15ºBPMA – ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL QUEIROZ) tel. – 3357-1500

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here